Blog

Buscar no Blog

Últimas do Blog

25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018
25 Janeiro 2018

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
PARADO, PROCURE NÃO DEIXAR A MÃO SOBRE A ALAVANCA
Descansar a mão sobre a alavanca de câmbio provoca desgaste acentuado no sistema, deixando a alavanca folgada e imprecisa provocando aquelas "escapadas de marcha". Utilize a alavanca apenas para trocar marchas.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
VOCÊ ESQUENTA O SEU CARRO A ÁLCOOL?
Saiba que nos motores atuais, mesmo nos carros modernos movidos a álcool, não há mais necessidade de "esquentá-lo" previamente. Basta você sair com o veículo de maneira "tranquila", sem forçar o motor, até que a temperatura esteja normal para que o câmbio e demais peças de transmissão e componentes de lubrificação, freios, etc., atinjam a temperatura ideal de funcionamento em conjunto com o motor.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
O MOTOR DO CARRO "MORREU" DE REPENTE?
A primeira verificação a ser feita é no nível de combustível no tanque. Se realmente o ponteiro estiver lá em baixo, não fique tentando dar partida no carro sem gasolina repetidas vezes, porque se a bomba elétrica funcionar "seca" por muito tempo pode pifar.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
A ÚLTIMA BOMBADA É DESNECESSÁRIA
Aquela "última acelerada" antes de desligar o motor não traz benefício algum nos dias de hoje. Na verdade, esse hábito era comum nos carros antigos com motor de dois tempos onde o óleo era misturado à gasolina para lubrificação do motor, esse procedimento existia para deixar as paredes dos cilindros com gasolina e óleo, para que na próxima partida o motor não girasse a "seco". Porém, com a chegada dos motores atuais de quatro tempos, tanto carburados como injetados, esse procedimento causa o efeito contrário. Ocorre que o combustível que é enviado para a câmara de combustão não vai ser queimado, já que a ignição vai ser desligada e o combustível não queimado vai "lavar" a parede do cilindro (retirando o óleo), fazendo com que na próxima partida o motor comece a funcionar sem lubrificação adequada, além de aumentar o consumo de combustível.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
VOCÊ COSTUMA "ARRANCAR" ASSIM QUE O SEMÁFORO ABRE?
Arrancadas bruscas não gastam apenas gasolina. Nestas arrancadas, coxins e câmbio são forçados e dependendo da arrancada podem até quebrar. Lembrando-se ainda, que as engrenagens e juntas homocinéticas sofrem bastante com esse procedimento. Guie de forma suave, é mais econômico e seguro.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Evite frear de forma brusca. Além de gastar combustível, componentes do freio se aquecem demais causando mais desgaste das pastilhas, lonas, discos e tambores. Além é claro, dos pneus. Guie sempre com atenção.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Na partida, não se deve aquecer o motor com o carro parado. É melhor começar a andar devagar, ir acelerando progressivamente sem exigir grande potência do motor nos primeiros metros. No trânsito, mantenha-se o máximo possível nas marchas mais altas sem no entanto forçar o motor e deixá-lo dar trancos. Ande em velocidade regular, sem grandes freiadas ou acelerações repentinas (que consomem muito combustível). Velocidade, o consumo aumenta muito em velocidades altas, em alguns motores entre 100 e 130 o consumo aumenta 25%. Estacionando, nunca acelere antes de desligar a ignição. Gasolina, utilizar sempre gasolina sem chumbo. Evitar Cargas e colocar bagagens sobre o teto, se for a única solução, equilibre a carga para que seja a menos volumosa possível. Não esquecer cargas inúteis dentro do veículo (evite o aumento de peso desnecessário). Arrancadas fortes e grandes freadas: fazer um esforço desnecessário para chegar a uma velocidade que não será aproveitada exigindo logo a seguir outro esforço ainda maior de freiada, é o mais puro desperdício de combustível.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
CUIDADO COM OS LAVA-RÁPIDOS! Fique atento quando lavar seu carro em postos ou lava-rápidos (verifique os locais de sua confiança!) que utilizem desengraxantes na limpeza das rodas. Acontece que esses produtos contém formulas extra-fortes (muitas vezes, as mesmas utilizadas na limpeza de baús de alumínio de caminhões) e acabam removendo não só a sujeira como também o verniz e a pintura das rodas, causando grandes danos. O ideal é limpá-las com sabão neutro e água, ou no máximo, utilizar um detergente doméstico.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Se você vai deixar seu carro parado por mais de um mês é aconselhável desligar os dois cabos da bateria. Não desligar os terminais com o motor funcionando. Não recarregar a bateria sem desligar os terminais. Quando for carregar a bateria com um carregador, respeite as instruções do fabricante de carregador de baterias, desligue a bateria começando pelo terminal (-), ao voltar a ligar começar pelo terminal (+) e verificar que os terminais da bateria e as respectivas braçadeiras estão limpos. Se estiverem com uma massa branca ou esverdeada, é importante limpá-los. A alimentação elétrica permanente é necessária para abastecer os sistemas eletrônicos. Depois de ter desligado e re-ligado a bateria, ligue a chave e espere 15/20 segundos antes de virar o motor de arranque. Fazer uma "chupeta", colocar o motor para funcionar partindo de uma bateria auxiliar, ligar o cabo vermelho aos terminais (+) das duas baterias, ligar uma das extremidades do outro cabo (preto) ao terminal (-) da bateria auxiliar, ligar a outra extremidade do cabo a um ponto da massa do veiculo avariado o mais longe possível da bateria, ligar a outra extremidade do cabo a um ponto da massa do veiculo avariado o mais longe possível da bateria, acionar o motor e deixar trabalhar e espere voltar a marcha lenta e desligue os cabos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Quando o semáforo está fechado, muita gente acaba mantendo o carro engatado e, consequentemente, o pedal de embreagem acionado. Este hábito provoca desgaste acentuado no sistema, deixando desgastado prematuramente o conjunto de embreagem. Portanto, desengate o carro, puxe o freio de mão e aproveite para relaxar um pouco!

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
É fundamental verificar pelo menos uma vez por ano os elementos essenciais, afinação do motor, troca de filtros (um filtro sujo diminui o rendimento do motor), etc. Se o motor tiver velas que já não funcionam bem, desregulagem no sistema de injeção de combustível ou mau funcionamento na exaustão de gases, você estará jogando fora 15% ou mais de seu combustível. Se os pneus estiverem abaixo de sua calibragem recomendada pelo fabricante, eles trarão mais resistência para rodar e você estará perdendo (além dos pneus) 5% do combustível. Se as rodas estiverem fora de alinhamento, você estará perdendo (além dos pneus) pelo menos 2% do combustível.

Novidades do Blog

Roda Center

Como resultado da nossa excelência em atendimento, conquistamos os mais seletos clientes de forma que, convidamos você a comprovar nossa qualidade.

Localizar